Mesmo que comprar um carro no Brasil não seja uma tarefa fácil (muito por causa da quantidade de impostos embutidos e não embutidos nos preços, como o IPVA, seguro obrigatório, taxa de licenciamento, etc.), por causa da violência sob a qual vivemos, a não contratação de um seguro é uma decisão bastante arriscada.

Na maioria dos casos, a contratação de um seguro é simples, uma vez bastar apenas uma cotação de preços. Porém, caso o seu veículo seja antigo (mais de 10 anos de uso), superesportivo ou blindado, a situação muda completamente e veremos a seguir os motivos.

Carros antigos

Por causa da dificuldade em encontrar peças para esses veículos, muitas seguradoras recusam cobertura aos mesmos. Há outras seguradoras especializadas nas quais encontraremos seguros com valores bem abaixo dos demais e o motivo para isso é que, no caso de um sinistro, peças usadas serão a solução para um conserto. Entre as vantagens dos seguros de carros antigos, podemos citar: valor mais barato que os demais, proteção contra roubo e furto, não avaliação de perfil de condutor em muitas situações e assistência 24 horas.

Superesportivos

Uma vez que chamam muita atenção, os superesportivos são muito visados. Quem já pagou muito por um desses modelos, obviamente não vai relutar em contratar um seguro, ao invés sair por aí completamente vulnerável. Ao contrário dos antigos, você não encontrará resistência por parte da maioria das seguradoras e entre as vantagens podemos citar: proteção contra roubo, troca de peças por desgaste como consequência da potência desses veículos, auxílio para a procura e compra de peças, equipe especializada para manutenção e proteção contra acidentes.

Blindados

Em se tratando de carros blindados, a contratação do seguro é um pouco mais complicada e envolve o atendimento dos itens abaixo:

– Apresentação de nota fiscal do serviço de blindagem

– Documento de autorização de blindagem emitido pelo exército e;

– Vistoria mesmo para veículos 0 Km.

Além disso, vale ressaltar que dois valores deverão ser pagos, um referente ao veículo e outro para a blindagem.

Fonte: Quatro Rodas / Bom Preço Auto Peças