Buscar
  • Manta de Aramida

Como é utilizado o painel balístico na blindagem de automóveis?

Atualizado: Mar 25

A blindagem vem se tornando cada vez mais necessária nos automóveis dos cidadãos comuns. Aquelas pessoas que não temem guerras e nem conflitos externos entre países, mas sim as ameaças encontradas na sua rotina diária.


E por ser algo que vem ficando cada vez mais presente nas vidas das pessoas que lidam todos os dias com o perigo de passar tantas horas nas ruas, desprotegidas em meio a congestionamentos de filas intermináveis, o interesse pela blindagem também vem aumentando consideravelmente.


Vejamos alguns números sobre o mercado de blindagem. Há dois anos foram contabilizados 22.005 automóveis blindados oficialmente que estavam presentes nas ruas brasileiras. Segundo a Associação Brasileira de Blindagem, a ABRABLIN.


Até ocorrer a grande crise mundial no ano de 2008, o recorde brasileiro de blindagem nos carros ultrapassava o número de 4.000 veículos no ano de 2002. Sendo mais da metade desse número no estado de São Paulo.


Outros estados que estão no topo da lista são o Rio de Janeiro e Pernambuco, descentralizando o domínio do sudeste e mostrando também o crescimento de outras partes do Brasil e como o processo do crescimento da violência é semelhante.


Agora vamos adentrar no processo de blindagem nos automóveis, focando na utilização do painel balístico, sendo esse o principal assunto deste artigo.


Blindando o automóvel


Bem, agora falaremos sobre como o automóvel é blindado e em seguida sobre a utilização do painel balístico, parte muito importante no processo de blindagem.


Primeiro o automóvel passa por uma vistoria e em seguida é realizada a desmontagem das peças necessárias do carro. Então é colocada a manta, depois os overlaps. Overlaps são um reforço nas partes que foram blindadas.


Depois o aço é acrescentado e as partes específicas são tratadas, como as portas e os vidros. Então são realizadas as pinturas e a tapeçaria, para depois o carro ser montado novamente.


O carro então passa por um controle de qualidade com testes balísticos, provando a efetividade da blindagem no automóvel.


O painel balístico


O painel balístico, que pode ser uma manta de aramida, é aquela forração de todo o veículo que ninguém pode ver, mas está com certeza lá protegendo os ocupantes do carro.


Ela é feita por um material isolador de eletricidade em forma de fibras, feito de material sintético parecido com o náilon. É um material muito leve e que possui uma absorção de energia muito grande, sendo muito resistente mecanicamente também à tração.


A fibra é feita com entrelaçamentos de filamentos formando um tecido de várias camadas, então, quando um projétil atinge o painel, toda a energia provinda se dispersa pela manta inteira, impedindo a passagem da bala.


Quando o painel é fabricado, passa por um banho químico que o deixa também impermeável, aumentando ainda mais a sua utilidade para os veículos.


Ele é utilizado literalmente como um revestimento que fica entre a parte externa e interna do carro, protegendo os seus ocupantes das ameaças comuns encontradas nas grandes cidades e dando mais tranquilidade ao dirigir por essas ruas.

1 visualização

Rua Joaquina Teófilo do Espirito Santo, 41 - Galpão A - Cumbica - Guarulhos - SP

Brasil - CEP. 07210-008

Fone (11) 99906-8788 - (11) 2478.8333