Buscar
  • Manta de Aramida

Os carros blindados e a classe média

Todos devemos concordar o quanto é triste ver um país gigante como é o Brasil, com tanto medo da violência e, pior, ver essa violência espalhada por quase todo o território nacional. A sensação de insegurança existe para ricos e para pobres, nas escolas, nas faculdades, nas praias, etc. Ou seja, atualmente, onde quer que estejamos, estamos desconfiados.


Nos meios de transporte, tais como: ônibus, trens e o metrô, a situação é a mesma. Em nossos próprios carros, se conseguimos escapar de uma briga de trânsito, muitas vezes provocada simplesmente pela falta de educação básica (aquela que recebemos em casa, vinda dos nossos pais), estamos completamente vulneráveis a ação dos bandidos que podem nos atacar, seja de cima de uma motocicleta, seja a pé, apontando-nos uma arma em uma ação para nos roubar dinheiro e objetos pessoais ou para roubar o nosso carro.


Para esses casos relacionados ao nosso meio de transporte pessoal, nossos carros comprados muitas vezes com tanto sacrifício, a blindagem é única solução capaz de nos proteger fisicamente. Embora possamos concordar que a blindagem de um veículo não é um serviço barato e, sendo assim, com acesso para poucos, ultimamente ter um carro blindado já não é tão difícil assim.


O motivo para isso é que o mercado de automóveis está acenando com uma ótima oportunidade para quem deseja ter um carro blindado. Estamos falando dos blindados usados. Na cidade de Curitiba por exemplo, Denilson de Souza, gerente de uma concessionária de blindados que atua na cidade desde 2001, afirmou: “Hoje temos seminovos blindados a partir de R$ 50 mil. Já estamos blindando carros menores, como Onix, Saveiro e Fiesta. O segmento de seminovos está aumentando. Para o tipo de cliente que está chegando agora, é melhor procurar no mercado o mesmo carro blindado pelo preço de um zero”.


Muitas vezes, apenas a blindagem de um veículo zero quilômetro custa entre R$40 mil a R$100 mil, enquanto é possível encontrar seminovos com preços que variam entre R$50 mil a R$280 mil. Mesmo com a portaria 55 do Exército Brasileiro publicada recentemente e com alterações que acabam por mexer mais no bolso de quem deseja um blindado, a classe média está enxergando nos seminovos uma oportunidade para a compra.


Para um engenheiro proprietário de uma blindadora da cidade de São Paulo: “As mudanças são positivas à medida que focam na segurança do processo e devem prover melhores garantias aos clientes que buscam o serviço”. . “Haverá um custo maior com documentação e com a execução de determinados procedimentos relacionados à manutenção do carro, mas o ganho técnico e as garantias do material aplicado deverão trazer maior proteção e resolutividade, pois, infelizmente, nem todas as blindadoras exercem este compromisso”.


Fonte: Bem Paraná

Imagem

1 visualização

Rua Joaquina Teófilo do Espirito Santo, 41 - Galpão A - Cumbica - Guarulhos - SP

Brasil - CEP. 07210-008

Fone (11) 99906-8788 - (11) 2478.8333