Buscar
  • Manta de Aramida

Para o Exército Brasileiro, veículos blindados que circulam sem que no CRLV (Certificado de Registro

Para o Exército Brasileiro, veículos blindados que circulam sem que no CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo) esteja a inscrição “BLINDADO”, estão transitando irregularmente.


O Exército alerta para a total atenção quando da decisão sobre a blindagem de um veículo, que os proprietários não deixem de confirmar se a empresa blindadora são possuidoras do CERTIFICADO DE REGISTRO por ele (Exército) emitido. Não basta verificar apenas a existência do certificado, mas principalmente a validade desse.


A realização de blindagem através de empresa não certificada, impedirá a emissão de qualquer documento para a regularização do veículo.


Para o Exército, veículos irregulares se enquadram nas seguintes situações:


1. Veículo blindado por blindadora em atividade normal e devidamente CERTIFICADA pelo Exército

Nesse caso, basta que o proprietário procure a blindadora para que a mesma faça a regularização no SISCAB (Sistema de Controle de Automóveis blindados). A lista de documentos, seja para pessoa física ou jurídica, será apresentada mais adiante nesse mesmo artigo.


2. Veículo blindado por blindadora desconhecida ou que não mais opera.


Nesse caso o proprietário do veículo deve procurar uma blindadora CERTIFICADA para que primeiro seja emitido um LAUDO DE BLINDAGEM e em seguida seja feita a regularização no SISCAB.

Segundo o Exército: É importante ressaltar que cabe à blindadora aceitar ou não emitir o LAUDO e caso aceite e inclua no SISCAB, passa a responder pela blindagem do veículo.

Para Pessoa Física:

- Identidade do proprietário.

- CPF do proprietário.

- Comprovante de residência do proprietário (validade de 90 dias).

- E-mail do proprietário.

- Certidão negativa da Justiça Federal do proprietário (validade de 90 dias), expedida na comarca de residência.

- Certidão negativa da Justiça Estadual do proprietário (validade de 90 dias), expedida na comarca de residência.

- Certidão negativa da Justiça Militar do proprietário (validade de 90 dias).

- CRLV do veículo.

- GRU no valor de R$ 25,00, com comprovante de pagamento (validade de 90 dias), em nome do proprietário do veículo. Para emitir a GRU clique aqui.

Para Pessoa Jurídica:

- Identidade do responsável.

- CPF do responsável.

- Comprovante de residência do responsável (validade de 90 dias).

- E-mail do responsável.

- Certidão negativa da Justiça Federal do responsável (validade de 90 dias), expedida na comarca de residência.

- Certidão negativa da Justiça Estadual do responsável (validade de 90 dias), expedida na comarca de residência.

- Certidão negativa da Justiça Militar do responsável (validade de 90 dias).

- CNPJ da empresa – extrato da Receita Federal.

- Contrato Social da empresa onde conste obrigatoriamente o nome do responsável pelo veículo.

- CRLV do veículo.

- GRU no valor de R$ 50,00, com comprovante de pagamento (validade de 90 dias), em nome da empresa. Para emitir a GRU clique aqui.

Caso ache o processo muito burocrático, é possível a contratação de um despachante especializado no assunto.


O Exército ainda alerta aos proprietários ou responsáveis por veículo blindado:


Após a emissão do LAUDO pela blindadora e inserção dos documentos no SISCAB, caso o processo seja deferido, haverá a emissão da Autorização e da Declaração de Blindagem.


Fique atento ao e-mail informado à blindadora. Para esse endereço será enviado o código com o qual se poderá, a qualquer tempo, imprimir a DECLARAÇÃO DE BLINDAGEM, bastando acessar o site:http://www.siscab.eb.mil.br/valida

1 visualização

Rua Joaquina Teófilo do Espirito Santo, 41 - Galpão A - Cumbica - Guarulhos - SP

Brasil - CEP. 07210-008

Fone (11) 99906-8788 - (11) 2478.8333