Buscar
  • Manta de Aramida

Quase R$200 mil são gastos em blindagem pelo STF no Rio de Janeiro

Atualizado: Mar 25

A blindagem já vinha em alta e, em 2013, registrou picos impressionantes de adesão e venda, seja para condutores pessoa física ou jurídica. Quem se destacou em meio a esses números foi o STF (Supremo Tribunal Federal), que assinou um contrato avaliado em R$ 181 mil por ano para garantir a segurança de ministros em suas visitas ou estadias no Rio de Janeiro.


Está previsto o aluguel de 250 diárias de veículo de luxo, todos muito bem equipados em velocidade e segurança (blindagem mais especificamente) capaz de resistir a tiros de submetralhadoras Uzi e de calibres 38, 9 milímetros e 44.


Toda essa precaução, no entanto, vai custar R$ 724 reais por dia aos cofres públicos e essas medidas não são novidade no que diz respeito ao STF. Em 2013, foram 150 diárias usadas (para este ano, já preveem 100 a mais no edital). A assessoria do Supremo justifica os gastos através dos recentes casos de violência contra ministros no Rio, como a então presidente do STF Ellen Gracie, e o ministro Gilmar Mendes.


No Rio de Janeiro os ministros já têm acesso aos carros blindados desde 2009. Em São Paulo, a novidade chegou às mesas de debate dois anos depois. Calcula-se que, no Rio de Janeiro, houve um aumento de 400% no uso de diárias desses veículos desde que passaram a ser utilizados.

0 visualização

Rua Joaquina Teófilo do Espirito Santo, 41 - Galpão A - Cumbica - Guarulhos - SP

Brasil - CEP. 07210-008

Fone (11) 99906-8788 - (11) 2478.8333